Buscar

Idosos do Recanto dos Velhinhos fazem testes para a prática de Tai Chi Chuan

O Recanto dos Velhinhos foi procurado pelo doutorando da UNICAMP, Enrique Miluzzi Ortega interessado em avaliar a melhora dos idosos com a prática do Tai Chi Chuan adaptado. Esses testes servirão de dados para sua tese junto a

O tai chi é uma forma suave e agradável de exercícios provindos da China. Embora seja uma arte de baixo impacto e com sequência de movimentos lentos, seus benefícios são de alto ganho, como: força muscular; flexibilidade; equilíbrio; concentração; correção postural; melhora da imunidade; e condicionamento aeróbico. Sua prática é muita segura e nenhum pré-requisito ou aparelho sofisticado são necessários.

Em maio, Ortega e seu coorientador Dr. Marco Carlos Uchida estiveram na entidade e ficaram encantados com o Recanto dos Velhinhos.

O trabalho consiste na aplicação de testes pré e pós treinamento com um grupo de controle, semelhante ao que foi realizado tempos atrás, quando da implantação do Circuito Funcional.

No sábado, 25, foi iniciado o trabalho com uma bateria de testes, onde Ortega e sua equipe aplicaram nos idosos, acompanhados pela educadora física Célia Ferreira de Araújo.

A intenção de Ortega, além de oferecer o treinamento aos idosos, é o de capacitar profissionais para dar continuidade ao trabalho da técnica inovadora do Tai Chi Chuan no Recanto.

“Acredito que teremos bons resultados, os nossos internos receberam muito bem a proposta, fizeram os testes e agora vamos acompanhar para depois verificar os resultados, estou bastante animada porque teremos mais uma opção de exercício para deixá-los mais ativo e proporcionar melhor qualidade de vida aos nossos internos”, explica Célia Ferreira de Araújo.




3 visualizações0 comentário