Projeto Musicoterapia retorna ao Recanto dos Velhinhos levando alegria aos internos

Toda quinta-feira, os internos do Recanto dos Velhinhos, tem uma atividade que eles gostam muito que é a musicoterapia, coordenado pela educadora física Célia Ferreira Araújo, onde recebem convidados para tocar e cantar. Com a pandemia a atividade foi suspensa e está retomando agora.

Para alegrar os idosos, nesta quinta-feira esteve um grupo do Departamento de Mulheres da Igreja do Nazareno de Valinhos, coordenado pela Ana Maria Spina e integrado Eliane Tresmondi, Juliana Pedroso Mateus da Silva, Maria Cecília Godoy e Vilma Aparecida Souza Santos.

O projeto de musicoterapia existe há algum tempo e a quinta-feira é sempre muito esperada por eles, a música está na memória e proporciona muita alegria, além de cantar eles acompanham com alguns instrumentos como chocalho, triângulo e outros que são oferecidos.

A educadora Célia Ferreira Araújo conta que a musicoterapia é uma prática com música que auxilia na reabilitação ou prevenção da saúde e bem-estar. “Aqui no Recanto fazemos o projeto com ajuda de voluntários que vem para tocar e cantar, proporcionando aos nossos internos momentos de alegria e até de encantamento. Eles esperam tanto por esse momento, que certa vez uma idosa toda arrumadinha disse: -Já chegou a hora de cantar? Já escovei até os meus dentes”.

Para Ana Maria Spina o momento foi muito especial. “Recebi o convite da Danielle Brito, fonoaudióloga do Recanto e ficamos surpresas com o encontro. Já íamos na entidade antes da pandemia, no início do ano, quando a pandemia melhorou, fizemos um grupo de oração na igreja e passei a usar o acordeon e foi isso que fizemos no Recanto, melhor ainda porque tivemos o acompanhamento do Renato, o popular Cebola, que toda semana atua como voluntário no projeto que acabou participando com pandeiro e violão e foi bem legal, os idosos interagiram e foi muito bom passar essa tarde lá".


9 Ansichten0 Kommentare

Aktuelle Beiträge

Alle ansehen